Texto Maior
Texto Maior
Texto Maior
Texto Menor
Texto Menor
Texto Normal
Texto Normal
Contraste
Contraste
Libras
Libras
Vlibras

O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

Acesso à informação
Acesso à informação

Águas de Lindóia, Terça-feira, 02 de Junho de 2020 Telefone (19) 3924-9300

Atendimento Atendimento: Em virtude do COVID-19 o horário está restrito das 08:00hr às 12:00hr.

Ter
02/06
21 °C
14 °C
Índice UV
5.0
Quar
03/06
22 °C
17 °C
Índice UV
5.0
Quin
04/06
26 °C
13 °C
Índice UV
5.0
Sext
05/06
26 °C
15 °C
Índice UV
5.0

Obras - Quarta-feira, 18 de Abril de 2018

Notícias por Categoria

CDHU retoma construção de 50 casas na Popular


CDHU retoma construção de 50 casas na Popular

Operários retomaram nesta semana a construção de 50 unidades habitacionais nas Casas Populares e que estavam paralisadas há cerca de cinco anos. A obra está sendo realizada pela Companhia de Desenvolvimento Habitacional Urbano (CDHU) e foi novamente licitada em novembro do ano passado pelo valor de R$ 3,4 milhões. A habitação é uma das principais preocupações do prefeito.

A obra se arrasta há vários anos e esteve sob a coordenação da prefeitura até 2016, mas a construção não avançou. Em 2017, após vários problemas com a empresa que havia vencido a licitação da obra, o prefeito Gil Helou articulou para que o contrato fosse cancelado e uma nova licitação fosse realizada diretamente pela CDHU. Com isso, a expectativa é de que a obra finalmente saia do papel e as famílias inscritas em programas habitacionais do município. O prazo para o término da obra é de 24 meses.

A construção destas 50 unidades deve amenizar o déficit habitacional no município, abrigando famílias que hoje vivem em áreas consideradas de risco ou em locais sem infraestrutura básica.

O município abriu no ano passado um cadastro para famílias interessadas em moradias populares, quando quase 180 famílias se inscreveram. O cadastro proporcionou um levantamento da necessidade real de moradias populares no município, identificando o déficit habitacional. Os dados fornecidos pelas famílias são importantes para ajudar o município a integrar programas habitacionais nas esferas estadual e federal. Este cadastro está viabilizando uma avaliação do perfil dos inscritos e um diagnóstico para a criação de uma política municipal de habitação.

Em março deste ano o prefeito esteve no Ministério das Cidades em Brasília (DF) para solicitar a inclusão do município em programas habitacionais. Na oportunidade, o prefeito requisitou recursos para a construção de mais 172 casas para atender o déficit habitacional no município.

“Retomar a construção destas casas era uma das nossas prioridades. Agora vamos continuar buscando recursos junto ao governo federal e estadual para continuar a reduzir o déficit habitacional de Águas de Lindoia”, explicou o prefeito.

FacebookTwitterWhatsAppImprimir

Voltar para a listagem de notícias

Águas de Lindóia Balneário Municipal

CALENDÁRIO DE EVENTOS

ACOMPANHE-NOS

UNIDADES FISCAIS

Fique por dentro dos índices - ver todas

Nenhuma unidade fiscal cadastrada no momento!