.

Acessibilidade

Aumentar Fonte
.
Diminuir Fonte
.
Fonte Normal
.
Alto Contraste
.
Libras
.
Vlibras

O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

Mapa do Site
.
Acesso à informação
.

Horário de atendimento das 08:00h às 12:00h das 13:00h às 17:00.

Educação - Quinta-feira, 07 de Dezembro de 2023

Buscar Notícia

Notícias por Categoria

No mês dos 120 anos do Nobel de Marie Curie, sua vida e obra são temas de oficinas na E.E, dr. Francisco Tozzi

Ação é realizada com apoio da Prefeitura


No mês dos 120 anos do Nobel de Marie Curie, sua vida e obra são temas de oficinas na E.E, dr. Francisco Tozzi

Em dezembro, comemora-se os 120 anos do primeiro prêmio Nobel conquistado por uma mulher. A cientista polonesa Marie Sklodowska-Curie e os franceses Pierre Curie e Antoine-Henri Becquerel foram laureados com o Nobel de Física, em 1903, por suas pesquisas sobre a Radioatividade. 

 

Nesta data tão significativa, a professora Camila Silveira, da Universidade Federal do Paraná (UFPR), trabalhou sobre as descobertas, a história da ganhadora do Nobel,  junto aos estudantes do 6o, 7o e 8o anos da Escola Estadual dr. Francisco Tozzi, nas oficinas Marie Curie - a famosa cientista que esteve aqui. Ao longo da manhã e tarde desta terça-feira, 5 de dezembro, eles descobriram fatos da vida conturbada de Marie, como também aprofundaram seus conhecimentos sobre as pesquisas da cientista que descobriu o Rádio (Ra) e o Polônio (PO).

 

Marie esteve em Águas de Lindóia em agosto de 1926, junto a uma comitiva de cientistas, que contava com sua filha Irène. A expedição será tema de uma exposição no Balneário, em maio de 2024, uma parceria do projeto de extensão universitária “Meninas e Mulheres nas Ciências” (MMC), do setor de Exatas da UFPR, com a Prefeitura.

 

As oficinas 

 Por meio de atividades lúdicas, como ilustrações para colorir, anagramas, criptogramas, caça-palavras, palavras-cruzadas, labirintos, quebra-cabeças, as oficinas do MMC contribuem para que os alunos conheçam personalidades e fatos científicos. “Utilizamos essas brincadeiras como ferramentas para popularizar os conhecimentos científicos”, explica Camila. 

 

Na Escola dr. Francisco Tozzi,que leva o nome do fundador da cidade e articulou a vinda da cientista, cerca de 120 adolescentes participaram das três oficinas que a professora Camila ministrou. Para a professora Maria Cristina Pinto, da disciplina de Artes, as atividades propostas trouxeram um dinamismo para o processo de aprendizado sobre a cientista Marie Curie e suas pesquisas. “Os alunos se mostraram muito interessados e se mobilizaram para encontrar as respostas com os colegas, pesquisas na internet, leitura dos textos”, destacou Maria Cristina. 

 

A escola, que completou 78 anos, participa do projeto de Escola Integral do governo estadual paulista desde o início, em 2012. Com laboratórios, lousas interativas, computadores e notebooks, são atendidas crianças e jovens do Ensino Fundamental II e do Ensino Médio. Para além das disciplinas descritas na Base Nacional Comum Curricular, os estudantes participam de aulas sobre projetos de vida, protagonismo jovem e, para os alunos do 3o ano do Ensino Médio, fazem o Trabalho de Conclusão de Curso, preparando-os para o Ensino Superior.

 

Meninas para as Ciências

Além da ampliação, divulgação e popularização dos conhecimentos científicos, o MMC tem como objetivo mostrar para as meninas que as Ciências podem sim ser uma escolha profissional para elas. Hoje a realidade é bem distinta, com uma desigualdade entre homens e mulheres nas profissões ligadas às Ciências, como pesquisadores e pesquisadoras, engenheiros e engenheiras.

 

Por exemplo, de 1901 a 2023, o Nobel de Física, aquele recebido por Marie Curie, em 1903, teve apenas cinco mulheres, contando com ela, agraciadas com a premiação.

 

Para mudar essa situação, o “Meninas e Mulheres nas Ciências” conta a história e populariza cientistas mulheres e suas pesquisas, por meio de oficinas nas escolas de diferentes regiões, palestras e workshops em Universidades, participação em congressos, publicação de artigos científicos, e muito mais. O projeto também está muito presente nas redes sociais, com posts, séries temáticas, jogos, disponibilização de livros, além das postagens no blog

 

De acordo com a professora Camila Silveira, coordenadora do MMC, as atividades e pesquisas desenvolvidas vinculam-se aos  Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030, da ONU, com destaque para o 5o objetivo - Igualdade de gênero -, que se pretende alcançar a igualdade de gênero e empoderar todas as mulheres e meninas.

760 Visualizações

Notícias relacionadas

Voltar para a listagem de notícias

.
.

Calendário de eventos

.
.

Acompanhe-nos

.
.

Prefeitura Municipal de Águas de Lindóia - SP.
Usamos cookies para melhorar a sua navegação. Ao continuar você concorda com nossa Política de Cookies e Políticas de Privacidade.