.

Acessibilidade

Aumentar Fonte
.
Diminuir Fonte
.
Fonte Normal
.
Alto Contraste
.
Libras
.
Vlibras

O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

Mapa do Site
.
Acesso à informação
.

Horário de atendimento das 08:00h às 12:00h das 13:00h às 17:00.

Saúde - Quinta-feira, 04 de Abril de 2024

Buscar Notícia

Notícias por Categoria

Prefeitura de Águas de Lindoia decreta emergência devido a aumento nos casos de Dengue

Nas últimas semanas casos semanais saltaram de 28 para 73. Segundo boletim da Vigilância em Saúde Águas de Lindoia contabiliza 313 casos de dengue em 2024


Prefeitura de Águas de Lindoia decreta emergência devido a aumento nos casos de Dengue

O Prefeito Gil Helou decretou nesta quinta-feira, dia 4 de abril, situação de emergência devido ao aumento nos casos de dengue no município. O número de casos deu um salto especialmente a partir do dia 20 de março e a Secretaria de Saúde encaminhou um documento ao Prefeito recomendando a edição do Decreto. 

 

Com a decretação da situação de emergência o município poderá tomar atitudes ainda mais fortes e com maior agilidade para o enfrentamento da epidemia. Segundo o Setor de Vigilância em Saúde (SVS) do município, desde janeiro deste ano Águas de Lindoia já contabiliza 313 casos de dengue, sendo que 274 são considerados como autóctones – ou seja, casos que não são originados em outros municípios. Em março foi registrado um óbito no município.

 

Ainda de acordo com as informações da SCS, mais de 60% dos casos contabilizados em todo o ano de 2024 foram contabilizados na segunda quinzena de março. O Bairro Bela Vista é o que mais registrou casos de dengue, sendo 106 no total. Isso significa que 1 em cada 3 casos da cidade em 2024 foi registrado no bairro. 

 

Nos demais bairros a situação segue estável. A SVS agrupa os casos de acordo com a unidade de saúde de referência. O PSF III do centro (total de 96 casos), que agrupa bairros como o Jardim Maciel (16 casos em 2024), Vila Beatriz (11), Jardim Nova Lindoia (7), Jardim Meridien (3), Barreiro, Le Vilete, Moreiras, Morro Pelado e Parque das Fontes (1 caso em cada um destes bairros) é o que mais atendeu pacientes. Em seguida está a UBS dos Francos (total de 52 casos) – sendo o Jardim Europa com 17 casos e os Francos com 16 – é a terceira região com mais casos. Nos PSF´s I e II nas Casas Populares o número total de casos é de 38, sendo que no bairro sede das unidades foram identificados 29 casos.

 

Ações

 

Com o decreto de emergência a Secretaria de Saúde terá mais autonomia e mais agilidade para tomar decisões e realizar ações ainda mais incisivas no combate à dengue. 

 

Na próxima semana, começará a ser colocada em prática a estratégia do chamado “fumacê” que vai passar por todos os bairros no Município começando pelo principal foco na cidade, o Bairro Bela Vista.

 

A ação é executada por um veículo que emite uma “nuvem” de fumaça em direção às residências e elimina boa parte dos mosquitos. Além de diminuir possíveis infestações, o fumacê não apresenta riscos ambientais ou à saúde da população e dos animais domésticos, mas é recomendável que vasilhas de água e comida dos cães e gatos sejam cobertas. O trabalho só pode ser realizado caso não chova.

 

Todo o procedimento é realizado em um período estratégico escolhido em razão dos hábitos da fêmea do Aedes Aegypti em ficar mais exposta e pela temperatura estar mais amena. No município, a ação será executada a partir das dez horas noite até às seis da manhã.

Ao todo serão duas aplicações. No Bela Vista a primeira acontecerá na segunda-feira, dia 8, e a segunda no dia 23. Nos dias subsequentes as primeiras e segundas aplicações acontecerão nos bairros Centro (dias 9 e 24), Francos (dias 10 e 25), Casas Populares (dias 11 e 26) e no Jardim Europa (dias 12 e 29).

 

Além disso, Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e Agentes de Combate a Endemias (ACE) intensificarão o supervisionamento das casas para o combate do mosquito da dengue. Os profissionais fazem a verificação se há ou não criadouros para Dengue e Arboviroses e, caso existam, a eliminação é feita rapidamente. Os moradores também recebem informações e dicas sobre quais cuidados devem ser tomados e quais situações podem ser evitadas.

 

O que preocupa as autoridades de saúde locais é que em 95% das visitas a residências com pessoas que tiveram a doença são encontrados pontos com água parada nos quintais. O mosquito tem um ciclo de vida curto e não chega a voar mais do que a 100m de distância do local em que nasceu. Isso faz com que os focos do mosquito se encontrem muito próximos ao local de trabalho ou da residência das pessoas com a doença.

 

Mais ações

 

Uma nova Lei entrou em vigor no mês passado endurecendo as regras para a limpeza de lotes particulares.  Além de vetar a queimada do mato, o prazo para realizar a limpeza foi reduzido para até 10 dias e a multa para quem não realizar a limpeza subiu para R$ 443,75. Soma-se a isso o valor de R$ 88,75 para cada 50 metros quadrado que precise ser limpo. 

 

Há cerca de um mês a secretaria de saúde mantém um carro de som chamando a atenção da população para relembrar os pontos que podem abrigar água parada e facilitar a reprodução do mosquito. As equipes de agentes epidemiológicos continuam percorrendo toda a cidade para orientar a população e verificar denúncias. 

 

Se um cidadão é diagnosticado com a doença, os agentes recebem os resultados de exames e fazem o chamado “bloqueio” – uma vistoria completa em todos os imóveis em um raio de 100 metros da casa da pessoa com a doença. Se os agentes identificam larvas, o material é coletado e enviado para exames detalhados e a área de vistoria pode ser ampliada.

 

Equipes também realizaram a aplicação de larvicidas em pontos estratégicos como no depósito de veículos do Detran/SP localizado no centro da cidade.

 

Denuncias

 

O cidadão que observar infrações ou identificar pontos em sua vizinhança que possam servir de criadouros do mosquito pode denunciar por meio do aplicativo E-Ouve, disponível em todas as lojas de aplicativos, ou pelo site https://eouve.com.br/. O telefone da Secretaria de Saúde é o 3824 1409.

1050 Visualizações

Notícias relacionadas

Voltar para a listagem de notícias

.
.

Calendário de eventos

.
.

Acompanhe-nos

.
.

Prefeitura Municipal de Águas de Lindóia - SP.
Usamos cookies para melhorar a sua navegação. Ao continuar você concorda com nossa Política de Cookies e Políticas de Privacidade.